Se, a qualquer momento, tiver alguma dúvida sobre como precificar os produtos ou serviços prestados pela sua empresa, parabéns! Isso significa que você faz parte de um grupo de micro e pequenos empresários que se preocupam em oferecer aos clientes preços adequados.

Neste artigo, preparamos um guia que contém os princípios básicos de que você precisa saber sobre como definir preços lucrativos para seu negócio.

Quer saber por onde começar? Então venha conosco!

O que é precificação

A precificação é o processo pela qual sua empresa determina os preços dos produtos e serviços. Por se tratar de um processo, é necessário fazer atualizações constantes, pois os preços de certos elementos que fazem parte dele podem mudar de tempos em tempos.

Por exemplo, os principais componentes do preço que podem causar essas mudanças são taxas e custos chamados de variáveis.

Lembre-se de que você deve levar a precificação muito a sério, pois esse processo é essencial para que sua empresa tenha lucro, financie seu capital de giro e possa fazer novos investimentos.

Saber precificar corretamente os produtos permite cobre um preço justo de seus clientes, se diferenciar da concorrência, manter a saúde financeira de seu negócio e aumentar a eficiência de suas atividades.

Qual a importância de um bom preço?

Você sabia que a maioria das empresas não possui estratégias de preços adequadas para os bens e serviços que fornecem?

Alguns empresários geralmente determinam o preço de um produto multiplicando o custo por 2, como uma “regra prática”, ou aplicam uma porcentagem fixa ao custo de todos os produtos. O motivo? Simplicidade.

No entanto, eles podem não perceber que esse tipo de solução não leva em consideração despesas ou ajuda os empresários a atingir seus objetivos de longo prazo. Essas ações podem fazer com que você venda produtos com prejuízo.

Atribuir o preço correto aos bens oferecido te ajudará de diversas formas, dentre as quais destacamos:

  • Alcançar seus objetivos de longo prazo;
  • Realizar investimentos;
  • Obter o lucro desejado;
  • Ser competitivo;
  • Ter clareza do funcionamento do seu negócio.

 

 

A diferença entre preços de produtos e serviços

Comparado com o preço do serviço, a lógica do preço do produto torna as coisas relativamente mais intuitivas. Isso acontece porque geralmente conhecemos muito bem os preços dos insumos, das matérias-primas ou dos produtos.

Se você possui uma padaria e tem um bom entendimento dos custos e despesas necessários para produzir um lote de pão, você só precisa entender a melhor forma de precificar seus produtos.

Agora, se o seu negócio é um negócio de serviços, as chances de cometer erros aumentarão muito. Uma das principais razões para esses erros é a falta de compreensão do custo do tempo de trabalho.

 

 

 

 

 

Neste caso, o empresário acaba desconsiderando a própria remuneração ou até mesmo desvalorizando o custo da própria mão de obra. Logo, é indispensável estimar corretamente o valor da sua hora de trabalho. Só desta forma, a precificação poderá ser benéfica para a empresa.

Métodos de precificação

Agora que você já sabe a importância de uma precificação correta, apresentamos a seguir três métodos que vão te ajudar nesse processo.

Precificação com base em markup

O markup é um método muito eficaz de precificação. Nele, o empreendedor atribui um multiplicador suficiente para cobrir as despesas fixas e variáveis, e ainda entregar o lucro desejado pela empresa.

Vamos ver isso na prática?

Suponha que você tenha adquirido um produto cujo custo é de R$10,00, e que as despesas fixas (DF) e as despesas variáveis (DV), sejam de 5% e 10% sobre o valor de custo deste bem, respectivamente.

Nesse caso, os empreendedores acabarão por ignorar sua remuneração e até desvalorizar seus custos de mão-de-obra. Portanto, é importante estimar corretamente o valor do seu tempo de trabalho. Somente dessa forma a precificação pode ser benéfica para a empresa.

Método de precificação

Agora que você sabe a importância da precificação correta, aqui estão três maneiras de ajudá-lo a concluir esse processo.

Preços baseados em markup

A marcação é um método de precificação muito eficaz. Nele, o empresário aloca um multiplicador suficiente para cobrir despesas fixas e variáveis ​​e ainda proporcionar os lucros de que a empresa precisa.

Veremos isso na prática?

Suponha que você compre um produto que custe R $ 10,00, e a taxa fixa (DF) e a taxa variável (DV) sejam 5% e 10% do custo do produto, respectivamente.

Em um cenário onde o lucro pretendido seja de 30%, temos:

  • Markup = 100/[100 – (DF + DV + LP)]
  • Markup = 100/[100 – (5 + 10 + 30)]
  • Markup = 100/55
  • Markup = 1,82

O resultado acima indica que o produto deve ser multiplicado por 1,82 para que se chegue ao preço ideal de venda.

Se comprarmos o bem por R$10,00, seu preço de venda, baseado no exercício acima, deve ser de R$18,20, uma vez que R$10,00 x 1,82 = R$18,20.

O markup é essencialmente um índice. Você deve multiplicar o custo do produto para saber o preço mais adequado.

Lembre-se de que as marcações que se aplicam a todos os tipos de produtos ou serviços podem ocultar perdas ou reduzir as margens de lucro. As taxas fixas e variáveis ​​podem variar dependendo do tipo de bens ou serviços que sua empresa oferece e sempre devem ser consideradas.

Preços estratégicos (com base na competição)

Esse método de precificação baseado na competição pode ser o caminho mais curto para obter os preços dos produtos, mas não é necessariamente o método mais eficaz.

Aqui, a principal tarefa é mapear a concorrência e determinar os preços de outras empresas do seu segmento de mercado.

Suponha que você tenha uma empresa de contabilidade, mas não tem certeza de quanto cobrar por seus serviços. Nesse caso, você precisa saber quanto seus concorrentes cobram pelo mesmo serviço de contabilidade.

O risco de adotar essa estratégia está na diferença entre a estrutura de custos da empresa. Portanto, se nossos custos podem ser maiores ou menores do que nossos concorrentes, como podemos assumir o preço de venda do concorrente?

Portanto, essa estratégia pode ser uma importante aliada, mas somente se houver uma base para a cobrança de preços. Com base nessas informações, analise sua estrutura de custos e despesas e tome sua própria decisão.

Precificação por margem de contribuição

Na precificação por margem de contribuição, você aplicará um percentual sobre a soma dos custos e despesas de um determinado bem ou serviço.

Suponha que você ofereça qualquer tipo de serviço, cujo custo e despesa somem R$50,00, e que você queira receber, pelo menos, 40% de lucro sobre cada um dos serviços que você entregar.

Primeira etapa: utilize o inverso da margem de lucro pretendida. Para fazer essa conta, você precisa descontar a margem pretendida da totalidade, ou seja, dos 100%. Assim, 100% – 40% = 60%.

Se a margem pretendida fosse de 80%, o número que estaríamos buscando seria os 20%, afinal, 100% – 80% = 20%.

Segunda etapa: transforme este número em um indicador que você possa fazer a divisão em relação ao custo do seu serviço. Você deverá dividir este inverso por 100%, ou seja, 60%/100% = 0,6.

Terceira etapa: divida o somatório de custos e despesas (R$50,00) pelo seu indicador de margem de contribuição, que neste caso é de 0,6.

Então, teremos R$50,00/0,6 = 83,33. Esse é o preço para cobrir seus custos e te entregar a margem de lucro pretendida. Veja só:

83,33 – 50,00 = 33,33

(33,33/83,33)*100 = 40%

Desta forma, a margem de contribuição foi respeitada, sendo 40% do seu faturamento total.

Como expandir seu negócio

Agora que você já sabe as etapas da precificação, chegou a hora de colocar tudo isso em prática e guiar sua empresa para voos mais altos. Se expansão está nos planos, o crédito PJ pode ser uma ótima alternativa para seu negócio.

Hoje, já é possível ter acesso ao recurso em apenas algumas horas. As fintechs, por exemplo, realizam uma análise personalizada do cliente, levando em consideração o histórico de cada negócio e suas necessidades, a estabilidade financeira, o tempo de mercado e o faturamento médio mensal. Assim, elas conseguem estabelecer condições e taxas de juros mais atrativas ao empreendedor, respeitando o momento atual do negócio.

E aí, aprendeu como precificar um produto ou serviço? Então, compartilhe essa informação com a sua rede de contatos e bons negócios para você 🙂

 

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.