Como os empréstimos PJ são bons para o seu negócio

O mercado bancário desenvolveu-se rapidamente na última década. As fintechs são as principais responsáveis por essa transformação. Houve muitas mudanças positivas nos produtos de crédito, como empréstimos e financiamentos corporativos, especialmente para pequenas e médias empresas. Os avanços da tecnologia financeira trouxeram taxas de juros mais atrativas e condições mais viáveis ​​de prazos e pagamentos.

Neste artigo, você vai saber como os empréstimos PJ podem beneficiar o seu negócio. Continue conosco!

A importância do crédito para o seu negócio

O crédito corporativo é um dos instrumentos financeiros mais antigos do mundo e tem papel fundamental no desenvolvimento das empresas e da própria economia. Muitos séculos atrás, ele foi responsável pelo desenvolvimento do próprio sistema bancário. Portanto, é de fato uma ferramenta muito poderosa.

As principais motivações que levam as empresas a solicitar crédito PJ são:

Equilíbrio no fluxo de caixa

Para empresas com vendas mais rápidas, equilibrar o caixa nem sempre é uma tarefa difícil. Porém, é importante se antecipar a situações desfavoráveis, como crises e problemas econômicos, que podem aumentar os prazos de pagamento da empresa. Nesse caso, usar o crédito da empresa para compensar o intervalo de tempo entre recebimentos e pagamentos pode ser uma boa estratégia.

Aumentar o capital de giro

Fluxo de caixa e capital de giro andam de mãos dadas. Em última análise, sua empresa pode precisar de recursos para pagar as contas ao longo do tempo. Nesse caso, recorrer a empréstimos para capital de giro é uma boa opção para garantir que seu negócio atravesse um período de queda nas receitas e consiga manter as contas e obrigações em dia.

 

Investir na expansão do negócio

Outra possibilidade é usar o crédito da empresa para investir no seu negócio, seja na ampliação do espaço físico, novas unidades, compra de máquinas e equipamentos, modernização de estruturas, contratação de equipes, etc. Se não poupar dinheiro para garantir este investimento, o crédito comercial pode ser um recurso que garante o crescimento do seu negócio a médio e longo prazo.

O que preciso considerar antes de solicitar o crédito PJ?

Para pessoas físicas e jurídicas, sempre recomendamos responder a três perguntas básicas antes de comprar qualquer produto ou assinar qualquer categoria de crédito corporativo:

  • Eu preciso disso?
  • Eu tenho dinheiro?
  • É necessário agora?

Se, após essas três perguntas, você decidir fazer um empréstimo para uma pessoa jurídica, ainda precisará considerar outros fatores mais objetivos, como:

Objetivo: Esclareça o objetivo de arrecadar fundos, o objetivo exato e como isso afetará seu fluxo de caixa futuro.

Documentos necessários: o documento de identidade do empresário, o contrato de sociedade atualizado, o extrato bancário dos últimos três meses, o documento de identidade do sócio (se aplicável) e a certidão negativa.

A reputação e a confiabilidade da instituição: O Ranking de Reclamações do Banco Central do Brasil pode ajudar nessa busca.

Condições do produto: Preste atenção ao custo efetivo total (CET), taxas de juros, eventuais multas e prazos de pagamento.

“Embora existam alguns motivos específicos que podem levar à solicitação de crédito, em última análise, o que realmente importa é a boa consciência e planejamento do empresário. Ele deve mapear todas as necessidades do negócio para garantir um crescimento saudável a médio e longo prazo”, explica Eric Iamarino, consultor de crédito da Crédito Plus.

 

Como obter empréstimos para pessoas jurídicas

Para obter crédito com mais facilidade, separamos algumas etapas que você precisa considerar e desenvolver antes de fazer um pedido:

Determine as necessidades da sua empresa

Primeiro, você deve entender exatamente porque sua empresa precisa de crédito e como os fundos serão usados. Sem um objetivo claro, você corre o risco de desperdiçar empréstimos e dívidas.

Desenvolva um plano claro para o uso futuro e retorno do crédito da empresa

Por exemplo: se você gastar 10.000 reais para reabastecer o estoque da sua empresa e planeja devolver esse valor dentro de 10 meses, você deve incluir a entrada de recursos e planos de parcelamento em seu orçamento para evitar surpresas.

Além disso, você precisa prever situações pessimistas, como situações em que terá dificuldade para reembolsar o dinheiro emprestado. Portanto, monitore essas contas mais de perto todos os dias para ajustar sua estrutura operacional ou de despesas com antecedência, se necessário.

Cuide da sua imagem: isso afetará a imagem da sua empresa

Mesmo que o empréstimo seja feito em nome de uma pessoa jurídica, a instituição financeira verificará as contas dos sócios da empresa. Antes de fazer um pedido, resolva questões pessoais para não encontrar problemas no processo de crédito.

Outro ponto importante é manter a empresa em uma posição de liderança. A negatividade é prejudicial à imagem corporativa porque indica instabilidade e falta de gestão financeira. Uma maneira de evitar cair nessa armadilha é manter o planejamento financeiro e gerenciar com eficácia as contas a pagar e as despesas no prazo.

Solicite um empréstimo de uma pessoa jurídica no momento e local certos

Após definir metas claras, planos estruturados e cenários pessimistas, o próximo passo é considerar as opções disponíveis no mercado e determinar as condições mais adequadas ao seu negócio.

Então, você entende como um empréstimo de uma pessoa jurídica pode beneficiar sua empresa? Portanto, compartilhe essas informações com sua rede de contatos e bons negócios!

 

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.